© FGY 2018

Transformando
Comportamentos e relações

Preparando a liderança do século XXI

Sobre

A FGY . . .

... promove o desenvolvimento humano e organizacional por meio de soluções inovadoras e customizadas para maximizar a performance de equipes, transformando sonhos em resultados.

Somos uma consultoria "antenada" com o futuro, especializada no diagnóstico e gestão dos comportamentos humanos nas Organizações.
Nosso desafio e missão é preparar com solidez líderes para a sustentabilidade das organizações, aprimorando desempenho e despertando o potencial existente em cada um!

Através da nossa experiência, atendemos projetos de consultoria diferenciados e desenhamos soluções específicas ao seu negócio.

Temos como diferencial a capacidade de compreender as mudanças globais, atuando com criatividade e dinamismo na criação de bons produtos e serviços.

Acreditamos na transformação e na produtividade das empresas, bem como das pessoas que nela trabalham.

Sobre a

Cintia Menegazzo

... é Psicóloga, Consultora, Master em Programação Neurolinguistica e Coach. Seu foco é Desenvolvimento Humano e Mudanças Comportamentais. Co-autora do livro Gestão do tempo e produtividade, atua há 19 anos, nas áreas de retenção, aquisição e desenvolvimento de pessoas. Atua na criação, desenvolvimento e execução dos programas desenvolvidos pela equipe FGY.
19
Anos de
Experiência
SOLUÇÕES X GERAÇÕES

Nossas soluções de trabalho, atendem as quatro gerações existentes no mercado e que ditaram época, mudando valores e a forma como a sociedade e as empresas pensam e agem.

Abaixo um breve histórico que levamos em conta antes de apresentar soluções à sua empresa:


TRADICIONAIS
Até 1945

É a geração que enfrentou uma grande guerra e passou pela Grande Depressão. Com os países arrasados, precisaram reconstruir o mundo e sobreviver. São práticos, dedicados, gostam de hierarquias rígidas, ficam bastante tempo na mesma empresa e sacrificam-se para alcançar seus objetivos.

BABY-BOOMERS

De 1946 até 1964

São os filhos do pós-guerra, que romperam padrões e lutaram pela paz. Já não conheceram o mundo destruído e, mais otimistas, puderam pensar em valores pessoais e na boa educação dos filhos. Têm relações de amor e ódio com os superiores, são focados e preferem agir em consenso com os outros.

GERAÇÃO X

De 1965 até 1979

Nesse período, as condições materiais do planeta permitem pensar em qualidade de vida, liberdade no trabalho e nas relações. Com o desenvolvimento das tecnologias de comunicação, esta geração tentou equilibrar vida pessoal e trabalho. Porém, como enfrentaram crises violentas, como a do desemprego na década de 80, também se tornaram céticos e superprotetores.

GERAÇÃO Y

De 1980 até 2000

Com o mundo relativamente estável, eles cresceram em uma década de valorização intensa da infância, com internet, computador e educação mais sofisticada que as gerações anteriores. Ganharam autoestima e não se sujeitam a atividades que não fazem sentido em longo prazo. Sabem trabalhar em rede e lidam com autoridades como se eles fossem um colega de turma.

GERAÇÃO W

De 2000 pra frente...

O que sabemos é que não viverão, sem conhecer a tecnologia. Os comportamentos empresariais ainda estão sendo estudados e gradativamente as empresas tem procurado se ajustar para reter os novos jovens.

Criatividade, comprometimento, desenvolvimento, evolução e implantação.

Entre em contato